Portugal Fashion reforça aposta na Semana de Moda Masculina de Paris com Hugo Costa
Portugal Fashion reforça aposta na Semana de Moda Masculina de Paris com Hugo Costa

A segunda iniciativa internacional do Portugal Fashion em 2017 será na Semana de Moda Masculina de Paris. Um regresso para o projeto de moda nacional e também para o designer Hugo Costa que, pela segunda vez consecutiva, se apresenta na Paris Fashion Week Menswear. A participação no certame decorre no âmbito do calendário oficial de apresentações, dia 22 de janeiro, a partir das 15h00, no Gymnase Trévise (14 Rue de Trévise, 75009, Paris). Uma aposta e um reforço no roteiro internacional do Portugal Fashion que, desta forma, consolida a sua presença nas semanas de moda que acompanham o emergente segmento masculino. A propósito, recorde-se que o arranque desta temporada ficou ainda marcado pela première de Miguel Vieira, na Milano Moda Uomo. Após o regresso do Portugal Fashion à cidade luz com Hugo Costa, as próximas fashion stops acontecem nas cidades de Roma, Nova Iorque, e Londres, culminando com novas visitas a Paris e Milão.

Será uma nova abordagem que rompe com a tradicional apresentação de um desfile, seguindo a tendência observada no circuito da high fashion industry. Na realidade, as criações de Hugo Costa começam por pisar a passerelle, mas a performance não se esgotará na duração estimada de 10 minutos. Os 30 looks propostos pelo jovem designer para o outono/inverno 2017-18 ficarão expostos durante as três horas seguintes (entre as 15h e as 18h), estando prevista aliás, neste intermezzo, a apresentação de mais dois mini desfiles (às 16h e 17h), resultando numa abordagem mais interativa e próxima da audiência. Os manequins circularão pelo Gymnase Trévise – espaço desportivo da cidade parisiense, com mais de 160 anos de história e que integra a Union Chrétienne de Jeunes Gens de Paris –, procurando, desta forma, cativar os convidados, em especial os agentes de compras.  

"A entrada para o calendário oficial de apresentações da Semana de Moda de Homem de Paris é um sinal auspicioso de que o futuro do road show internacional do Portugal Fashion será cada vez mais diversificado, envolvendo não apenas as propostas de senhora, mas também acompanhando o emergente segmento masculino”, assegura o diretor de comunicação do Portugal Fashion, Rafael Alves Rocha, acrescentando que "fruto do valor individual do Hugo Costa, e do feedback da sua estreia na passada estação, esta entrada não pode também deixar de ser interpretada como um resultado efetivo do trabalho feito até aqui pelo projeto, ao nível da descoberta de promissores talentos da moda portuguesa”, conclui o mesmo responsável.

AMUNDSEN e as expedições à neve do início do século XX

O set design instalado no Gymnase Trévise fará a ponte com a inspiração conceptual da coleção, prevista no moodboard: um espaço completamente forrado a papel, que receberá simulações de neve, fazendo lembrar as expedições à neve do início do século XX, como se de um cenário agreste se tratasse.

Ora, são precisamente os feitos do explorador norueguês Roald Engelbregt Gravning Amundsen, que liderou a primeira expedição a atingir o Polo Sul em 14 de dezembro de 1911, e que sempre viveu uma vida regida pelo desejo de descoberta e exploração pelo desconhecido, que servem de fonte de inspiração aos coordenados de Hugo Costa para a próxima estação fria. Na verdade, antes de desaparecer em 1928, o aventureiro foi o primeiro homem a sobrevoar o Polo Norte, tornando-se assim a primeira pessoa a chegar a ambos os Polos Norte e Sul.

Permitindo-se o paralelismo, também o criador de São João da Madeira é o primeiro designer português a regressar, pela segunda vez consecutiva, à Semana de Homem Masculina de Paris. Em AMUNDSEN, Hugo Costa procura representar a necessidade de busca pelo desconhecido por parte do ser humano, "necessidade de novas experiências e de aventuras, metaforicamente representadas pelas explorações territoriais”, remata o criador.  

O Portugal Fashion 2015-2017 - um projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal – é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.