Susana Bettencourt entre os finalistas do OPENMYMEDPRIZE 2017
Susana Bettencourt entre os finalistas do OPENMYMEDPRIZE 2017

A designer portuguesa Susana Bettencourt é uma das 20 finalistas do OPENMYMED PRIZE 2017, concurso internacional promovido pela Maison Méditerranéenne des Métiers de la Mode (MMMM). Basta apenas um like nesta publicação do Facebook para garantir que é criadora nacional a grande vencedora do prémio de mentoring e comunicação avaliado em 30 mil euros. As votações encerram a 4 de janeiro de 2017.

A par do aliciante prémio, o reconhecimento internacional da Maison Méditerranéenne des Métiers de la Mode seria outro importante contributo para a afirmação daquela que é uma das mais promissoras jovens designers nacionais. Na verdade, à data da redação deste artigo, Susana Bettencourt está no top 3 dos criadores mais votados, numa competição que envolve vários países do sul da Europa e norte de África.

Mas estar entre os mais votados não chega. Para almejar o prémio de 30 mil euros, que se traduz em serviços prestados na área do mentoring e da comunicação fornecidos pela própria associação francesa, a criadora tem que reunir o maior número de votações. Algo que demora apenas um segundo do seu tempo, com um simples gosto nesta publicação.

Conheça melhor o percurso de Susana Bettencourt

Deu os primeiros passos na plataforma Bloom do Portugal Fashion, onde marcou a sua estreia no ano de 2011. Desde essa altura, a designer de origem açoriana tem marcado a sua identidade no panorama da moda nacional e internacional. Reconhecida a sua habilidade para trabalhar as malhas, é no meio digital que Susana Bettencourt principia todo o processo criativo, algo que a distingue e que traça o perfil da sua marca.

Especializou-se em Moda Digital pelo London College of Fashion e foi exatamente aí, na cidade londrina, que desenvolveu competências e se aproximou do universo criativo e multicultural vivenciado por um dos principais centros da moda mundial. Aproveitando as sinergias estabelecidas nessa altura, bateu à porta do Victoria and Albert Museum propondo a divulgação do seu trabalho, e após alguma resistência do prestigiado espaço cultural foi recebida com entusiasmo. Um caso sintomático da sua perseverança e qualidade criativa, também revelado através de uma encomenda especial que recebeu em 2011, por parte da estrela pop Lady Gaga, que pretendia vestir peças exclusivas Susana Bettencourt para a sua digressão mundial.

Londres, Paris, Copenhaga, Viena e, mais recentemente, Roma integram o roteiro de apresentações internacionais que a criadora já fez à boleia do Portugal Fashion. Já no passaporte transatlântico estão marcados os destinos de Nova Iorque, Vancouver e até Malásia. Um percurso que faria de Susana Bettencourt uma justa vencedora do OPENMYMED PRIZE 2017.

Promoção dos jovens talentos da moda no território mediterrâneo

Criada em 2010, a distinção OPENMYMED PRIZE procura distinguir os talentos emergentes da região do Mediterrâneo. A promoção é da associação Maison Méditerranéenne des Métiers de la Mode (MMMM) fundada em 1988, em Marselha. Em seis anos de concurso, mais de 70 jovens designers de diferentes países receberam por parte de uma equipa especializada aconselhamento estratégico, mentoring e apoio à comunicação, estimando-se que o valor global de investimento tenha ultrapassado os 300 mil euros.

Jayne Estève Curé, marketing expert do Institut Français de la Mode, e Etienne Cochet, CEO da WSN Developpement, figuram entre os conceituados mentores dos jovens designers vencedores. A nível de comunicação os apoios estendem-se à divulgação em publicações especializadas de grande circulação, à oferta de uma shooting e ainda à elaboração de um vídeo de apresentação da marca.

Para garantir que é Susana Bettencourt a designer que receberá o prémio não se esqueça de votar. Pode fazê-lo a partir deste link.