FacebookInstagramVimeo
Maria Meira

A coleção pretende marcar uma posição relativamente a temas (sempre) atuais e constantemente debatidos. Sexualidade, violência doméstica, violação, racismo, homofobia. Foca-se na liberdade de expressão e na liberdade de SER. Tendo como influência imagética um movimento feminista específico, as Riot Grrl, que explora o estilo musical e político punk, no qual as mulheres lutam pelos mesmo direitos dos homens. Assim, através da linguagem artística que comunica muitas vezes mais além do que a escrita ou falada, pois trata da comunicação de emoções e do inconsciente, dizem se coisas que, ás vezes, não somos capazes de entender por palavras.