FacebookInstagramVimeo
Alexandra Moura
Subversão 

s. f. (…) nome feminino

1. Ato ou efeito de subverter.
vii. Voltar de baixo para cima
viii. Revolver
ix. Revolucionar
x. Perturbar
xi. Destruir
xii. Figurado: perverter; adulterar

Pausa, reversão e subversão. O conjunto de ações de desconstrução aplicadas ao processo criativo de uma peça fazem os detalhes desta coleção, ampliando assim, a perceção da sua composição e forma.
Esta coleção convive com referências de meados dos anos 90, altura em que Alexandra inicia o seu curso em Design de Moda, moldando o seu sentido estético e a forma de ver a moda e, por consequência, a peça de roupa. Um mix de estilos e géneros onde a influência da música e da estética underground ganham força.
A sua rebeldia da época trazem para a coleção a subversão das peças, o virar ao contrário, costuras para fora e o clássico cose-e-corte. O readaptar de peças à mão deixando assim o inacabado, característica já vincada no ADN da marca.
A juntar a tudo isto, o lado plástico de Alexandra e dos seus sketchbooks com colagens, linhas, fita-cola e desenhos constroem o estampado que dá força e intriga estas subversões.
A coleção vive de exercícios de construção/desconstrução, de contraste de cores pálidas com fortes e ácidas, mas também da subtileza do comportamento dos materiais, dos acabamentos e dos detalhes.


Galeria de Imagens