FacebookInstagramVimeo
Maria Kobrock (Bloom)

A TENRA INDIFERENÇA DO MUNDO

Inspirada pela escrita de Albert Camus, a presente coleção explora o conceito do absurdismo através de um exercício abstrato inspirado pelos gestualistas dos anos 50. De acordo com Camus a liberdade do homem e a oportunidade de dar sentido à vida encontra-se com o reconhecimento e a aceitação do absurdo. O absurdo refere-se ao conflito entre a tendência humana de procurar significado para a vida e o silêncio indiferente do universo perante a nossa existência.

Assim, inspirada na pintura de Franz Klein, Willem de Kooning e Gerhard Richter, esta coleção explora as qualidades tácteis e os efeitos sensitivos da cor para propor que cada indivíduo encontre o seu significado dentro de si próprio.

O que é a felicidade além da simples harmonia entre o homem e a vida que ele leva? (Camus)

PALAVRAS-CHAVE:

Expressionismo Abstrato Albert Camus Absurdismo