FacebookInstagramVimeo
Ernest W. Baker FW21
VÍDEO DA APRESENTAÇÃO

OUTONO / INVERNO 2021

Um sonho é um caminho para o inconsciente. Mas e se a vossa vida acordada se sentir igualmente surreal?

Um despertar, com sensações agarradas aos sentidos. Imagens que voltam em flashes. As memórias que escapam do nosso alcance, quanto mais nos concentramos nelas. Uma sensação de incerteza à medida que os sonhos se misturam com a realidade. Ansiedade e isolamento a bater no limite da nossa consciência.

Nos últimos meses, temo-nos sentido nas garras de uma realidade incontrolável. Como empresários, a incerteza, a ansiedade e o stress têm sido uma constante nas nossas vidas. Como criativos, forçou-nos a examinar o que era importante e o que queríamos dizer, dentro deste quadro sempre em mudança.

Se não podemos enfrentar as adversidades neste momento, quisemos construir a estética à sua volta.

Em vez de nos agarrarmos à base da marca, olhámos para os espaços onde a realidade se infiltrou.

Isso significou romper com o perfecionismo do guarda-roupa masculino tradicional que tem sido a nossa assinatura, abraçando os elementos casuais que estão inscritos na nossa memória coletiva como roupa off-duty - a t-shirt estampada, as calças tartan, mas também um roupão exuberante que se dobra como um casaco. O feito à mão misturado com o à medida. Camadas que criam uma silhueta tão uniforme como o seu dia.

Durante todo o processo, utilizámos rosas, belezas com espinhos que casam dureza e suavidade, como um motivo gráfico. Para os buffs botânicos, os seus nomes também são símbolos de Ernest W. Baker: Americana, Belle Blonde, Sterling Silver.

Para dar vida à estação, recorremos ao cinematográfico, não pelo seu poder de contar histórias, mas pela sensação estética que os sonhos semi-lembrados, e o ano passado, nos deixaram.

O princípio-base do vídeo é a sensação de um sonho lúcido. Sequências oníricas, cores fortes, quadros bonitos, uma pitada de stress - o universo criado por Wong Kar-Wai em Falling Angels. Uma onda de emoção, sentimentos em vez de palavras, uma paleta agridoce - as Asas do Desejo desenroladas por Wim Wenders. Perspectivas surrealistas, mal-estar rastejante, memórias ainda por acontecer - David Lynch a dar uma volta em Mulholland Drive.

O que acreditamos firmemente em Ernest W. Baker é que a reinterpretação do passado serve para inspirar o presente e transformar o futuro. E neste momento, temos apenas uma certeza: mesmo o pior dos sonhos acabará por se desvanecer no despertar de um novo dia. Um brinde a um bom dia pela frente.



Inês Amorim & Reid Baker
Viana do Castelo, Portugal
Janeiro 2021



Galeria de Imagens