FacebookInstagramVimeo
Júlio Torcato
Reinterpretação e apropriação do universo desportivo. Linguagem urbana que mistura o corte da alfaiataria clássica com a técnica dos materiais de performance competitiva. Tecidos técnicos em marinho e branco, lisos e estruturas, piquets, riscas gráficas e nylons.
MOBIL(IZE) II é um manifesto sobre a intemporalidade. Uma análise da verdadeira essência do discurso de quem se questiona, de quem intervém, de quem participa, de quem se mobiliza.

Palavras-chave: performance; competição; retro; urbano; volume; contemporâneo.