FacebookInstagramVimeo
MODATEX
FALLOUT BY OPIAR
A colecção inspira-se no universo do jogo Fallout 4, um jogo que vive no Séc. XXII mas tem a sua base na paranóia nuclear dos anos 50. Uma guerra nuclear ocorreu em 23 de Outubro de 2077, que durou menos de duas horas e causou aniquilação total, porém o Governo dos EUA construiu abrigos – os Vaults, onde habitavam cidadãos escolhidos.
A estória desta colecção é em torno de um único sobrevivente que foi preservado em criogenia num desses Vaults subterrâneo, que acorda em 2142 e terá de reconstruir vida neste novo mundo com os recursos que restam.
A representação estilizada da cultura americana dos anos 50, com tecnologia mais avançada, existente na colecção é uma inspiração no ambiente pós-apocalíptico e retrofuturista do Jogo.

SYMPHONIE POUR UN HOMME SEUL BY PATRÍCIA BRITO
Construção de uma figura que evoca um espaço, explorando a sua memória e sensibilidade.
Este espaço insere-se num ambiente Brutalista, onde são assumidos os elementos naturais do mesmo, assim como valorizada a afinidade do homem com o meio envolvente.
Este género musical desenvolve-se no seio da progressão tecnológica e da indústria do som. Parte de premissas como a captação e manipulação de sons de génese variada, tanto provenientes do Homem, como de máquinas ou outros utensílios, gerando composições de forte espacialidade e texturas.
"The lone man should find his symphonie within himself, being is own instrument. He cries, he whistles, he thumps, his fist, he laughs, he groans. His heart beats, his breathing accelerates... he utters words, launches calls. Nothing echoes more a solitary cry than the clamour of crowds.” Pierre Schaeffer