FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
H&M x Kenzo
H&M x Kenzo

O mote está lançado e a reboque a histeria global. No mês de maio foi anunciada a próxima colaboração da H&M com a Kenzo, marca conduzida pela dupla de criadores Carol Lim e Humberto Leon. O que ainda não era conhecido até há poucos dias era o resultado criativo dessa parceria. Em jeito de seek peek a H&M libertou nas suas contas oficiais de Twitter e Instagram as primeiras imagens dos coordenados. E a imprensa especializada não tardou em fazer eco da boa nova. Ora veja.

Com a chegada da coleção às lojas agendada para o dia 3 de novembro, resta-nos por enquanto um vislumbre daquilo que a H&M e a Kenzo têm preparado em conjunto. Complementarmente aos anúncios publicados nas redes sociais previamente mencionadas, também este teaser lançado no canal oficial de Youtube da marca deixou os aficionados ainda mais curiosos com o que está a ser cozinhado.

De facto, a moda de autor é, desde há algum tempo, ingrediente premium na agenda de parcerias que a grande cadeia sueca de fast fashion tem preconizado, conduzindo de resto a um novo paradigma que funde marcas de alta costura com marcas têxteis de grande consumo, permitindo a milhões de pessoas adquirir uma peça de luxo a um preço considerado mais apetecível. Senão vejamos o histórico de colaborações da H&M, disponibilizado pela própria marca e versado nesta timeline:

  • 2004: Karl Lagerfeld
  • 2005: Stella McCartney, Elio Fiorucci, Solange Azagury-Partridge
  • 2006: Viktor & Rolf
  • 2007: Roberto Cavalli
  • 2008: Rei Kawakubo and Comme des Garçons
  • 2009: Matthew Williamson, Jimmy Choo, Sonia Rykiel
  • 2010: Sonia Rykiel, Lanvin
  • 2011: Versace
  • 2012: Versace, Marni, Maison Martin Margiela
  • 2013: Isabel Marant
  • 2014: Alexander Wang
  • 2015: Balmain

No mundo dos fashionistas, o buzz causado pela divulgação das primeiras imagens da mais recente colaboração não se fez esperar. Desde este artigo publicado na edição online Vogue inglesa, passando por este da congénere americana, até outras réplicas na GQ, Glamour Magazine ou MTV, representam apenas uma gota no caldeirão web de notícias sobre o assunto. Contudo, há quem demonstre alguma apreensão quanto à pretendida unanimidade na prova de degustação final. De acordo com o Daily Mail os fãs podem não ter ficado agradavelmente surpreendidos com as primeiras imagens desta colaboração.

Certo é que as cores vibrantes, os padrões-tigre e a ousadia da maison parisiense são já alvo de grande expectativa, como aliás o são todas as colaborações anuais que a gigante sueca anuncia, um sinal de que a democratização da moda veio para ficar.

Em Portugal, à semelhança dos anos anteriores, para adquirir uma peça que resulte desta ‘coleção-cápsula’, que inclui roupa de mulher, homem e acessórios, terá de se dirigir à flagship store da H&M no país. Localiza-se em Lisboa, mais propriamente na Rua do Carmo. Ou em alternativa tem sempre disponível a loja online.