FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Cruzamento entre moda e tecnologia vale investimento de 2,5 milhões
Cruzamento entre moda e tecnologia vale investimento de 2,5 milhões
Especializada em logística de moda, a startup portuguesa HUUB anunciou uma ronda de investimento no total de 2,5 milhões de euros, liderada pela empresa Pathena. Com ambições de crescimento, a startup presta serviços de distribuição em 85 países e pretende, até 2019, crescer de 50 para 200 marcas.

Os objetivos são claros: a HUUB quer "liderar e orquestrar o ecossistema fashion do futuro assente na sustentabilidade que o próprio universo da moda exige”, explica Luís Roque, CEO da startup portuguesa. Em comunicado, o responsável afirma que "esta parceria com a Pathena, que liderou os maiores ‘exits’ no empreendedorismo nacional, é mais um passo rumo a essa visão disruptiva e estabelece-nos como protagonistas europeus na indústria do Supply Chain”. 

"Acabámos por nos aperceber que a nossa proposta de valor fazia fit neste mercado de biliões e, mais do que isso, percebemos que nos tornamos especialmente atrativos para as marcas mais diferenciadoras não só no design das coleções, mas também na incorporação de valores essenciais como o slow-fashion e a sustentabilidade, e no romper dos cânones com novas tendências, como o unissexo”, admite o CEO.

Os planos de expansão da startup, que trabalha diariamente com empresas nacionais e internacionais, são claros e ambiciosos: "Até ao final de 2019, queremos crescer de cerca de 50 para 200 marcas, ao mesmo tempo que mantemos a nossa taxa de churn [saída de clientes] abaixo dos 3%. Vamos criar uma máquina de vendas focada na aquisição e retenção que nos levará a um revenue acima dos 400 mil euros/mês”, prevê Luís Roque.

Para dar resposta à expansão prevista, a HUUB tem a decorrer um processo de recrutamento com um total de 21 vagas disponíveis. A empresa, fundada em 2015, criou uma plataforma capaz de gerir a cadeia de abastecimento de marcas de moda à escala global, tendo hoje armazéns operacionais em Portugal e Holanda e prestando serviços de distribuição em mais de 85 países.