FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Hugo Costa em Paris para o hattrick da moda portuguesa em calendários oficiais
Hugo Costa em Paris para o hattrick da moda portuguesa em calendários oficiais
Portugal, Coreia do Sul, Paris. É este triângulo que importa agora fixar, e já lá vamos. Hugo Costa mostra ao mundo a sua coleção primavera-verão 2020 no dia 18 de junho, em Paris, na 43 Rue Notre Dame de Nazareth, numa apresentação das 17h às 19h30, e que se insere em calendário oficial da Semana de Moda.

A segunda paragem do Portugal Fashion em mercados internacionais para a estação primavera-verão 2020 é em Paris. Hugo Costa regressa à capital francesa em calendário oficial de apresentações com a coleção Haenyeo, inspirado nas mulheres sul-coreanas que mergulham em apneia e garantem o sustento familiar. 

"Numa altura em que tanto se fala de igualdade pareceu-me pertinente reforçar a inversão de papéis”, diz Hugo Costa. 

As Haenyeo são uma das forças da natureza. Mulheres guerreiras, de fibra, que mergulham diariamente em busca de alimentos para a sua família. Mulheres do mar da Ilha de Jeju, na Coreia do Sul, que mantêm uma tradição secular. Num trabalho difícil e perigoso que executam até aos 90 anos. Os homens ficam em casa a cuidar das crianças, a não ser que arranjem trabalho na China, Japão ou Rússia. 

Hugo Costa é um designer de convicções fortes que dispensa o género na roupa que desenha. É, também, designer de temas difíceis e fracturantes. "É assim que a moda faz sentido, o chamar a atenção, o tirar da zona de conforto, aproximando da pessoa comum uma realidade desconhecida, transportando-a para mais perto e, logo, mais real”, diz. "É como vestir um bocado de história”, acrescenta.

A nova coleção de Hugo Costa é inspirada na vida que é também uma arte de gerações, e que se reforça em cores vibrantes e fortes, com texturas clássicas em contraposição a alguns tecidos tecnológicos, como o impermeável e rede 3D, e muitos detalhes amovíveis.

"São tecidos fáceis e confortáveis de usar, com uma boa capacidade de adaptação ao mundo que corre com pressa, e ao dia-a-dia”, explica Hugo.

Depois de Milão, e com a nova paragem na capital francesa, o Portugal Fashion reforça o seu trabalho de alavancar a moda nacional, levando nomes portugueses aos calendários das principais capitais de moda internacionais. 

Esta integração em calendários oficiais posiciona a moda portuguesa em nível elevado - ao abrigo dos critérios de validação das entidades organizadoras das várias fashion weeks -, permitindo beneficiar da máquina de comunicação que estas plataformas têm. Chegando à melhor imprensa internacional e dando um alcance global aos desfiles e apresentações dos designers nacionais. 
 
Também em Paris e apoiados pelo Next Step, um projeto da ANJE complementar ao Portugal Fashion de vertente assumidamente comercial, estarão os designers Nycole, David Catalán e a marca Ernest W. Baker, powered by ModaLisboa.

De 18 a 20 de junho, Portugal "toma de assalto” a capital francesa. Durante três dias algumas marcas made in Portugal estarão num showcase ModaPortugal, organizado pelo Cenit e a Anivec. Um evento que pretende juntar vários parceiros do setor - AORP, APICCAPS e ModaLisboa - ao qual o Portugal Fashion se associa com os designers Hugo Costa, Inês Torcato e David Catalán.

O Next Step (projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários) e o Portugal Fashion (projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal) são financiados pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.