FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Next Step de regresso às quatro capitais da moda
Next Step de regresso às quatro capitais da moda
A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários teve nesta rentrée um calendário repleto de ações internacionais no âmbito do projeto Next Step, apoiando a participação de jovens criadores, designers consagrados e marcas nacionais em certames de moda de referência a nível mundial. O regresso à London Fashion Week ditou a primeira paragem no itinerário de viagens. Aliás, tratou-se efetivamente também de um regresso para as próprias participantes. No espaço de promoção comercial instalado no Brewer Street Car Park – quartel-general da Semana de Moda de Londres – as designers Alexandra Moura, Carla Pontes, Daniela Barros e Susana Bettencourt voltaram a apresentar as suas coleções, entre os dias 16 e 20 de setembro, mas desta feita para a estação quente do próximo ano.

Nesta nova época de semanas de moda internacionais (primavera-verão 2017), o programa de promoção global do "made in” Portugal prosseguiu por outras geografias mundiais. Ainda coincidente com o calendário da London Fashion Week, a segunda paragem fez-se na emblemática Nova Iorque, mais propriamente na feira Edit. Os designers Katty Xiomara, Luís Buchinho, a dupla Storytailors, e as marcas Pé de Chumbo e TM Collection tiveram o apoio da ANJE para promover negócios neste prestigiado certame, que aconteceu entre 18 a 20 de setembro.

De regresso às capitais europeias da moda, o projeto Next Step começou por apostar na promoção comercial da etiqueta portuguesa através da feira White. Hugo Costa, Luís Buchinho, Pedro Pedro, Susana Bettencourt e a marca TM Collection apresentaram ali peças a pensar no estio do ano vindouro, entre 24 e 26 de setembro. A antecipação de negócios válidos para a próxima estação quente culmina com o regresso a Paris. Na verdade, na cidade luz o Next Step marca presença em dose dupla. De 27 de setembro a 5 de outubro, as jovens criadoras Carla Pontes, Daniela Barros e Susana Bettencourt apresentaram-se na plataforma de promoção e vendas da Paris Fashion Week. E ainda com o calendário da Semana de Moda de Paris a decorrer, a Tranoï Femme, certame incontornável no mercado global da moda feminina de Pronto-a-Vestir, recebeu as criações de Diogo Miranda e Luís Buchinho e das marcas Babash e TM Collection, de 30 de setembro a 3 de outubro. 

"O Next Step é um projeto de proximidade, que atua em conjunto com os seus beneficiários, envolvendo profissionais especializados na execução de um programa de preparação e mentoring, que permite desenhar estratégias de abordagem aos mercados e maximizar as oportunidades inerentes a cada ação”, afirma o presidente da ANJE, João Rafael Koehler. "O sucesso das investidas até aqui efetuadas pela ANJE confirma que estamos a desbravar caminho e a promover toda a fileira Moda portuguesa nos mercados internacionais. Aliás, a aposta nas quatro grandes capitais do negócio da moda da atualidade e em feiras de referência global é, continuamente, reforçada por um programa intensivo de preparação e mentoring, que abrange os criadores e marcas apoiados, com especial enfoque nos mais jovens. Acreditamos, por isso, que este projeto funciona como um verdadeiro complemento à componente de imagem trabalhada no âmbito do Portugal Fashion, um esforço adicional que acrescenta valor económico à presença nas principais passerelles internacionais e que expande esse trabalho a outras geografias”, acrescenta o mesmo responsável. 

Mentoring apoia profissionalização da moda nacional

O Next Step arrancou no final de 2015 e, desde então, o programa complementar às ações de promoção no terreno evoluiu com o suporte de conceituados profissionais nacionais e estrangeiros, responsáveis por dar acompanhamento aos designers. Um trabalho que é particularmente focado nos mais jovens e que envolve consultores especializados. Trata-se de um suporte à competitividade, que contempla apoio ativo e serviços nos mercados visitados, mas não deixa de apostar na formação de competências (de gestão, de networking, de expansão e internacionalização, de prospeção e força de vendas) com vista à conquista de recursos humanos, tecnológicos e até financeiros.  

Tendo como pressuposto a exiguidade do mercado interno, o Next Step aposta nas marcas portuguesas através de um plano de ação que combina o fomento da internacionalização e das exportações com o acréscimo de valor. É um projeto assente nas necessidades das empresas envolvidas (empresas essas que estão associadas a cada criador e marca) e na capacidade de resposta das mesmas para uma presença ativa no mercado global. 

O Next Step 2015-2016 é um projeto financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.