FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Portugal Fashion com versão “punk” de Hugo Costa na semana de moda masculina de Paris
Portugal Fashion com versão “punk” de Hugo Costa na semana de moda masculina de Paris
O Portugal Fashion regressou  à cidade luz para cumprir a segunda paragem do seu roteiro internacional outono/inverno 2018-19. Três dias depois do desfile de Miguel Vieira em Milão, foi Hugo Costa que se destacou no calendário oficial de apresentações da Semana de Moda Masculina de Paris. A inovadora apresentação da coleção "(A)Way of Punk”, um formato experimental e interativo, foi produzida pelo Portugal Fashion na passada quarta-feira, dia 17 de janeiro, no nº43 da Rua Notre Dame de Nazareth. As propostas "no gender” de Hugo Costa surpreenderam pela quebra com as formas habituais da marca, mas o designer de São João da Madeira trouxe ainda outra novidade: o lançamento de uma nova linha de óculos de sol. 

Esta foi a quarta participação consecutiva de Hugo Costa na semana de moda de Paris dedicada ao menswear. A estreia no calendário da conceituada fashion week aconteceu em junho de 2016. Tratou-se efetivamente de uma estreia para o designer lançado em Portugal pela plataforma de jovens criadores do Portugal Fashion, o Bloom, mas também de uma conquista inédita para o próprio Portugal Fashion, que integrava assim o mercado de menswear no seu roteiro internacional de desfiles e apresentações. 

"O Hugo Costa é um dos exemplos recentes do que o Portugal Fashion faz bem: identificar novos talentos, ajudá-los a dar os primeiros passos, através da plataforma Bloom, e acompanhar a evolução dos seus projetos, integrando-os na sua plataforma principal de desfiles e nos seus circuitos internacionais de apresentações”, afirma o Presidente da ANJE, Adelino Costa Matos. "Hoje, o designer Hugo Costa possui uma marca em ascensão, integrou o calendário oficialmente reconhecido pela Federação Francesa de Moda, a Fédération Française de la Couture du Prêt-à-Porter des Couturiers et des Créateurs de Mode, responsável pela organização das fashion weeks da cidade luz, e tem a oportunidade de apresentar o seu trabalho numa montra global, com tudo o que isso tem de benéfico em termos de visibilidade, notoriedade, posicionamento e prestígio. O Portugal Fashion e o Next Step continuam obviamente a ter um papel crucial na afirmação deste projeto, mas o mais difícil já aconteceu e enche-nos de orgulho”, complementa o mesmo responsável. 

"(A)Way of Punk”

Hugo Costa apresentou as propostas para o próximo inverno convicto de que "o punk não morreu”. "O punk está vivo, foi apenas transformado. Ou desconstruído. Mas continua a ser punk, o movimento de aparência agressiva, sarcástico, de contracultura e reação”, explicou o designer, que construiu toda a nova coleção inspirado por este tema. "Não, o punk aqui não morreu. Está implícito na coleção, que se reflete como reação. Através do uso da cor e das combinações de matérias mais agressivas e coordenados justapostos de forma não convencional, apostando sempre no movimento no gender. A coleção foge do color block e trabalha numa explosão cromática, ora questionando algumas formas da marca, ora transformando outras”, completou Hugo Costa.  

Mas nem só de formas, materiais e cores divergentes se constrói a diferença que Hugo Costa revelou em Paris. O designer voltou a romper com o tradicional formato de desfile, seguindo tendência observada no circuito da high fashion industry, mas desta feita com um conjunto integrado de dinâmicas interativas. A tecnologia multimédia e os social media cruzaram-se com montras vivas, incluindo peças expostas, contacto próximo com manequins espalhados pelo espaço, bem como conteúdos de vídeo e fotografia, em jeito de instalação. Hugo Costa afirmou que uma das componentes mais interativas terá sido a "secção try it”, acrescentando que esta apresentação foi sobretudo centrada no "mood da marca”. 
Foi neste ambiente multissensorial que Hugo Costa anunciou uma nova aposta: a linha de óculos de sol, desenvolvida em parceria estreita com a marca portuguesa Cus Cuz. Com valor acrescido pelo design Hugo Costa, os óculos mantêm os valores base da insígnia: produtos totalmente manufaturados, desenvolvidos ao abrigo de preocupações sustentáveis, com linhas "gender-free”, minimalistas e intemporais. 

Propostas frescas para buyers de todo o globo e Roma no GPS 

A montra viva de Hugo Costa não se esgotou na inovadora apresentação desta quarta-feira. As suas propostas estarão em exposição no Idao-Showroom, entre os dias 19 e 24 de janeiro. Trata-se de um apoio complementar proporcionado pelo Portugal Fashion, através do seu braço comercial, o projeto Next Step. Também as jovens designers Inês Torcato e Nycole apresentam as suas coleções masculinas outono/inverno 2018-19 no Idao-Showroom, que durante a semana de moda acolhe compradores de todo o globo. O bloomer David Catalán completa a campanha promocional do Portugal Fashion em Paris, sendo apoiado no âmbito do Next Step para expor a sua coleção no Cube Showroom, entre os dias 18 e 24 de janeiro. 

Depois das Semanas de Moda Masculinas de Milão e Paris, o roteiro internacional do Portugal Fashion viaja até Roma, precisamente para promover os jovens talentos nacionais. O desfile dos designers da plataforma Bloom Portugal Fashion David Catalán, Inês Torcato e Nycole acontecem dia 28 de janeiro, pelas 12h, no polo cultural Guido Reni District. Naquela que é a terceira participação no calendário da Altaroma, o Portugal Fashion consolida uma parceria estratégia com a conceituada organização italiana, visando estabelecer sinergias regulares no quadro de dois pilares comuns e essenciais na missão de ambas as entidades: a identificação, apoio e divulgação de novos talentos. Será no âmbito do projeto Fashion Hub da Altaroma que este desfile e toda a parceria se deverá operacionalizar. O Portugal Fashion dá assim um passo em frente rumo à internacionalização do Bloom, plataforma de novos talentos que tem conquistado a crítica especializada dentro e fora de portas.