FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Portugal Fashion em estreia na Milano Moda Uomo com Miguel Vieira
Portugal Fashion em estreia na Milano Moda Uomo com Miguel Vieira

A primeira ação internacional do Portugal Fashion em 2017 aconteceu na Milano Moda Uomo. Uma estreia para o projeto de moda nacional e também para o criador Miguel Vieira que, pela primeira vez, pisou a passerelle da Semana de Moda Masculina de Milão. O desfile realizou-se no dia 15 de janeiro, no hub criativo Base Milano. A participação neste certame segue a tendência mundial de autonomização do calendário de apresentações masculinas, representando também um reforço e uma aposta do Portugal Fashion neste segmento que, na realidade, tem observado um crescimento exponencial junto dos designers e marcas portuguesas. Uma semana após a estreia na capital transalpina, assinalou-se o regresso à Semana de Moda para Homem de Paris, com novo desfile do jovem designer Hugo Costa. Entre fevereiro e março, o périplo internacional conhece mais cinco paragens, que incluem Roma, Nova Iorque, Londres, e ainda novas visitas a Milão e à cidade luz.

É um arranque de temporada profícuo em iniciativas internacionais e que ficou marcado pela estreia do Portugal Fashion na Semana de Moda Masculina de Milão. Para o diretor de comunicação do Portugal Fashion, Rafael Alves Rocha, este reforço no calendário "resulta de um afincado trabalho que toda a equipa associada ao projeto tem desenvolvido na promoção da moda portuguesa junto da Camera Nazionale della Moda Italiana, entidade promotora do certame. Na verdade, os criadores nacionais têm apresentado consecutivamente as suas coleções na Milano Moda Donna, desde setembro de 2015, o que permitiu o estreitamento de relações com a organização”. O mesmo responsável acrescenta que "no seguimento da nossa estratégia de projeção e consolidação no segmento Homem, chegou agora a vez de abraçarmos a Semana de Moda Masculina de Milão. Tê-lo feito com o designer Miguel Vieira deixa-nos entusiasmados e confiantes”.

Uma coleção de reflexos

São propostas que procuram refletir sobre a moda e a forma como nos apresentamos. "Será aquilo que vestimos uma forma de expressão do nosso próprio eu, ou o reflexo da imagem que projetamos no outro?”. A coleção para Homem de Miguel Vieira, que já olha para o próximo outono-inverno, é alicerçada nesta questão de difícil resposta. Acreditando que a forma como nos vestimos é definida por emoções e transmite perceções visuais, como se de um "jogo de espelhos” se tratasse, os coordenados do designer abordam essa dualidade: "o que é visto e como é visto”.

Nas cores predomina o preto e uma escala de cinzentos, que varia entre o "cinza claro e o cinza escuro”; os salpicos de cor são dados pela aplicação do azul-marinho, do vermelho, e do "branco marshmellow”. A silhueta assenta em "fatos slim estruturados e sobretudos casuais”. Sobressaem nos detalhes os prints personalizados, a aplicação de diferentes tecidos e materiais e a sobreposição de looks, combinando o casual com o tailored. Nos tecidos, destaque para a utilização da lã, imitação de pele, caxemira, alpaca e outras combinações de tecidos (tecidos de alfaiataria, tecidos com xadrez, tecidos com riscas finas e tecidos 140S).

Eduardo Amorim apresenta coleção para Homem na White Milano

Paralelamente à estreia de Miguel Vieira na Milano Moda Uomo, o projeto de moda nacional apoiou ainda a participação do jovem designer Eduardo Amorim na edição Homem da White, certame se realizou em Milão, de 14 a 16 de janeiro. O convite à participação foi endereçado pela organização da conceituada feira de moda italiana, que integrou Eduardo Amorim na plataforma Wow, secção responsável por divulgar os promissores talentos da moda europeia.

Licenciado em Design de Moda pela ESAD – Escola Superior de Artes e Design, em março de 2014, foi um dos vencedores do Concurso Bloom do Portugal Fashion. Desde então, é na plataforma dedicada à promoção dos jovens criadores nacionais que Eduardo Amorim tem apresentado consecutivamente as suas coleções. Curiosamente, soma no seu currículo a vitória no concurso internacional organizado pela Riccione Moda Italia. Como pontos de venda, destaque para a comercialização das peças do designer, na loja multimarca scar id store (Rua do Rosário, 253, Porto), e para o projeto temporário de uma loja em nome próprio, no Península Boutique Center (Praça Bom Sucesso, 159, Porto).

O Portugal Fashion 2015-2017 - um projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal – é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.