FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Portugal Fashion leva cinco criadores e marcas nacionais a Londres e Paris
Portugal Fashion leva cinco criadores e marcas nacionais a Londres e Paris

O Portugal Fashion prossegue, em setembro, a sua estratégia de promoção da moda portuguesa nas grandes passerelles internacionais, desta feita apoiando os desfiles para a estação quente de 2019 de cinco criadores e marcas nacionais, primeiro em Londres e depois em Paris. Alexandra Moura, Diogo Miranda e Luís Buchinho voltam a ter o endorsement do projeto de moda liderado pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários. Já as marcas Sophia Kah e Marques'Almeida fazem a sua estreia no roteiro internacional do Portugal Fashion.

As marcas Sophia Kah e Marques'Almeida são portuguesas mas foram criadas em Londres, a primeira pela designer Ana Teixeira de Sousa e a segunda pela dupla Marta Marques e Paulo Almeida. Ambas têm causado sensação no restrito circuito da moda mundial, contando já com várias celebridades entre os seus clientes. "Temos muito interesse em apoiar o crescimento e a internacionalização das marcas Marques'Almeida e Sophia Kah. Trata-se de dois projetos que estão a conhecer ampla aceitação internacional e que demonstram grande potencial comercial, pelo que vão ao encontro dos nossos principais critérios de apoio a marcas e criadores portugueses”, sublinha Mónica Neto, porta-voz do Portugal Fashion.

"Com mais esta jornada promocional da moda portuguesa, o Portugal Fashion procura consolidar o trajeto internacional de criadores nacionais e com procura em mercados externos, como Alexandra Moura, Diogo Miranda e Luís Buchinho, ao mesmo tempo que aposta em jovens de reconhecido talento, como Ana Teixeira de Sousa e a dupla Marta Marques e Paulo Almeida”, acrescenta a mesma responsável. "Todos estes criadores e marcas são bons exemplos de como a fileira da moda portuguesa consegue conciliar design moderno e sofisticação estética com produção de qualidade, capacidade comercial e gestão de marketing. O nosso trabalho, no âmbito do Portugal Fashion, é justamente dar visibilidade internacional a todas estas vantagens competitivas”.

"O Portugal Fashion optou, desta feita, por concentrar os seus desfiles internacionais em duas grandes capitais da moda, Paris e Londres, aumentando o número de marcas e criadores portugueses nas respetivas fashion weeks. A atual conjuntura económica, os interesses comerciais de criadores e marcas, a necessidade de envolver novos protagonistas e a gestão estratégica dos diferentes ciclos promocionais, entre outros motivos, levaram ao reforço da aposta em Paris e Londres – duas das maiores montras da moda internacional”, explica Mónica Neto.

Isto não significa, ressalva a mesma responsável, que "o Portugal Fashion deixe de considerar estratégica a presença da moda portuguesa noutros eventos internacionais, nomeadamente em Milão e Nova Iorque, onde temos obtido bons resultados em termos comerciais e de visibilidade. Trata-se, tão-só, de gerir as participações de criadores e marcas numa lógica maximização das oportunidades que os mercados apresentam num determinado momento”.

De Londres para o mundo

Alunos da escola de moda CITEX, no Porto, Marta Marques e Paulo Almeida tornaram-se, logo no primeiro ano, casal e dupla criativa. Em 2009 instalaram-se em Londres, onde concluíram o mestrado em Moda na Central Saint Martins, escola de Artes e Design que formou Alexander McQueen, Phoebe Philo ou Stella McCartney. Na altura, a diretora do curso era a designer Louise Wilson, figura tutelar da moda britânica nas últimas décadas.

Com atelier na capital inglesa, a dupla participa, desde 2010, na London Fashion Week com a sua linha de roupa e acessórios femininos Marques'Almeida. A marca caracteriza-se pela irreverência e informalidade, avultando nas suas coleções as t-shirts garridas, o denim, as peças desconstruídas e sobredimensionadas, os folhos… Ora foi este look casual que atraiu não só a indústria da moda mas também celebridades do showbiz, como Rihanna, FKA Twigs, Beyoncé, Solange ou Sarah Jessica Parker, que vestem criações Marques'Almeida.

Em 2014, a dupla foi distinguida na categoria Talento Emergente – Moda Feminina dos British Fashion Awards e, em 2015, recebeu o prémio da LVMH (grupo que detém marcas como a Louis Vuitton, Dior e Givenchy) para Jovens Estilistas de Moda. Integrou, igualmente, a shortlist para o prémio BFC/Vogue Designer Fashion Fund 2018.

Refira-se que, em 2014, Marta Marques e Paulo Almeida criaram uma coleção para a rede de lojas Topshop e, no ano seguinte, desenharam o guarda-roupa para o espetáculo da gala de moda da companhia de ballet de Nova Iorque (New York City Ballet’s Fourth Annual Fall Fashion Gala), que teve a curadoria da atriz Sarah Jessica Parker. Hoje, a Marques'Almeida é comercializada em cerca de 100 pontos de venda e marca presença em plataformas e-commerce de referência, como a Net-a-Porter, a Yoox, a Farfetch ou MatchesFashion.

Em Paris, a dupla pretende inaugurar uma nova estratégia de abordagem ao mercado, privilegiando a proximidade com os clientes. É que, embora a marca seja portuguesa e desenvolva a sua atividade comercial a partir de Londres, Paris é a cidade onde habitualmente são concluídos os seus negócios, depois da apresentação das coleções na capital inglesa.

É também em Londres que a designer Ana Teixeira de Sousa desenha os luxuosos vestidos de noite da marca Sophia Kah, que começam a ter reconhecimento no mercado internacional e a acolher a preferência de celebridades planetárias. Beyoncé, Keira Knightley, Kerry Washington, Nelly Furtado, Florence Welch, Sophie Ellis-Bextor ou Olivia Palermo figuram na lista de clientes da designer. De resto, a marca Sophia Kah tem pontos de venda em armazéns tão prestigiados como o Harrods e o Barneys NY e conhece uma significativa procura em países do Médio Oriente e na Rússia.

Oriunda de uma família com tradição no setor têxtil, na zona de Felgueiras, Ana Teixeira de Sousa cresceu no bulício da fábrica dos pais, brincando com tecidos e inventando as suas primeiras roupas. Foi para Londres estudar Gestão Internacional, mas a paixão pela moda falou mais alto. Em 2010 criou a marca Sophia Kah, que é integralmente produzida em Portugal.

Roteiro internacional arranca com Sophia Kah

O roteiro internacional do Portugal Fashion para a próxima estação quente arranca no dia 13 de setembro, entre as 18h00 e as 20h00, com o desfile da marca Sophia Kah, em formato salon show, na residência oficial do Embaixador de Portugal em Londres. A estreia da marca no programa internacional do Portugal Fashion conta, aliás, com o apoio da Embaixada de Portugal e da delegação da Aicep Portugal Global em Londres.

No dia seguinte, 14 de setembro, às 10h30, Alexandra Moura participa pela quinta vez na London Fashion Week com o apoio do Portugal Fashion. A criadora tem já um longo e reconhecido percurso na moda portuguesa, estando agora a consolidar a presença da sua marca nos circuitos internacionais. A estratégia comercial de Alexandra Moura passa por uma seleção cuidada dos pontos de venda, com especial foco nas concept stores, e por uma aposta nos mercados asiáticos, designadamente na China, no Japão e no Kuwait. Considerando estes objetivos comerciais, a London Fashion Week é uma importante montra para captar a atenção dos players internacionais da moda.

Dias despois, na cidade luz, a marca Marques'Almeida sobe pela primeira vez à passerelle da Paris Fashion Week. De referir que as criações da dupla Marta Marques e Paulo Almeida vão ser também uma das grandes novidades da edição nacional do Portugal Fashion primavera/verão 2019, agendada para 17 (Lisboa), 18, 19 e 20 de outubro (Porto).

Luís Buchinho e Diogo Miranda também revelam a sua coleção primavera/verão 2019 na Paris Fashion Week. Ambos os criadores têm reconhecimento internacional e uma crescente procura em mercados externos, circunstâncias às quais não são alheias as participações em grandes eventos de moda com o apoio do Portugal Fashion. Luís Buchinho já realizou desfiles em Nova Iorque, São Paulo e Paris, enquanto Diogo Miranda se estreou na Paris Fashion Week em 2015 e tem participado em showrooms internacionais em Paris, Londres, Berlim e Nova Iorque.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal e cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.