FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
Portugal Fashion regressa a Itália com desfiles de Pedro Pedro e Carlos Gil
Portugal Fashion regressa a Itália com desfiles de Pedro Pedro e Carlos Gil
O roteiro internacional do Portugal Fashion para a temporada outono/inverno 2018-19, iniciado em janeiro, concretiza esta semana a terceira ação da estação em solo italiano, desta feita para integrar, pela sexta vez consecutiva, o calendário da Milano Moda Donna. Pedro Pedro e Carlos Gil são os protagonistas desta campanha e fazem desfilar as suas propostas já amanhã, 22 de fevereiro, respetivamente às 11h30 e 13h30 locais (menos uma hora em Lisboa). Integrados no calendário oficial de eventos da semana coordenada pela Câmara Nacional de Moda Italiana, ambos os designers apresentam coleção na location oficial da semana de moda instalada no nº 58 da Via Tortona. Num mercado cada vez mais permeável ao lançamento de novos projetos e etiquetas, o Portugal Fashion complementa os desfiles com o suporte do seu braço comercial, o projeto Next Step, através do qual promove a moda portuguesa no certame White Milano, de 23 a 26 de fevereiro, com uma comitiva de quatro designers e três marcas. 

"Itália é um mercado que temos vindo a trabalhar de forma progressiva e estratégica, com resultados de comunicação, marketing e até de afirmação comercial surpreendentes. A tradição italiana no universo da moda e a maturidade do seu mercado justificam hoje uma abertura e um interesse ímpares por novos talentos e pela afirmação de designers e marcas emergentes, que associam duas componentes fulcrais: criatividade e qualidade de confeção. Ora, nesta fusão, Portugal vem dando provas de competência há longa data e o trabalho que o Portugal Fashion tem vindo a desenvolver junto das semanas de moda de Milão (Moda Uomo e Moda Donna) e de Roma (Altaroma) é, sem falsas modéstias, um contributo claro para a construção de um novo posicionamento internacional do ecossistema moda português”, afirma Rafael Alves Rocha, Diretor de Comunicação da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, entidade responsável pelo Portugal Fashion. 

Recorde-se que foi com o desfile de Miguel Vieira, no dia 14 de janeiro, que o Portugal Fashion participou na Milano Moda Uomo, solidificando a aposta do Portugal Fashion no cada vez mais dinâmico e expressivo mercado de roupa masculina. Já na fashion week de Altaroma, o projeto direcionou o seu esforço promocional para apoiar os novos talentos do Bloom e lançar as bases de um posicionamento internacional de país de moda com potencial futuro, dadas as dinâmicas internas de estímulo à sua constante renovação. Na passerelle do Fashion Hub de Altaroma, plataforma especializada precisamente no scouting e no suporte de jovens designers, desfilaram, a 28 de janeiro, as disruptivas coleções de Inês Torcato, David Catalán e Nycole. Na Milano Moda Donna, o Portugal Fashion faz-se agora acompanhar de dois nomes já consagrados em Portugal no segmento de moda feminina, Pedro Pedro e Carlos Gil. Criadores que, com o acompanhamento do projeto da ANJE, têm vindo a construir um percurso internacional que, a partir de Milão, desenvolveu já ramificações para outras geografias. 

A nova atitude de Pedro Pedro e as 24 horas de Carlos Gil 

Intitulada "Le Bureau”, a coleção que Pedro Pedro apresenta ao globo na Milano Moda Donna representa, nas palavras do próprio, "uma nova atitude”. "Rompendo com o ‘casual sportswear’, é notória a manifestação das peças de cariz mais formal que representam uma nova atitude de ‘workwear’. Uma nova abordagem de apropriar o conceito de escritório, tornando-o mais interessante”, acrescenta. O próximo Inverno traz-nos, por isso, uma "visão da mulher Pedro Pedro mais adulta, confiante e interventiva”. Peças femininas e fluidas, formas soltas, "muito oversize” e bainhas que se alongam para "acentuar a silhueta mais longilínea” são as estratégias do criador para materializar esta atitude diferenciada. As cores e padrões variam entre camel, preto e branco, azul, laranja e verde. Já no que respeita aos tecidos, destacam-se o algodão, sarjas brutas e lãs grossas, bem como materiais impermeáveis e protetores.

Carlos Gil, por seu turno, aposta em looks adaptáveis a "todas as horas do dia, todos os dias”. Assumindo esta premissa, o designer apresenta uma coleção sob o título "Vinte e Quatro Horas”, explorando o "universo da cidade que nunca dorme e onde os focos de luz criam uma vasta gama de contrastes”. "Assertiva, atual, prática e arrojada são os adjetivos que descrevem a mulher Carlos Gil. No entanto, o que a distingue é estar vinte e quatros horas, sete dias por semana ready to go”, afirma o criador. A versatilidade dos coordenados é construída com um equilíbrio que permite manter a essência da marca e inovar em simultâneo: "detalhes inesperados que remetem para as décadas de 70 e 80 e o conceito Disco fazem prevalecer nos looks a imagem elegante, urbana e sofisticada que caracteriza a marca, mantendo o conforto e a componente sporty das peças, exigida pela dinâmica da vida citadina”, pode ler-se no descritivo de coleção. Equilíbrio volta a ser palavra de ordem no que concerne à paleta de cores, que consegue criar ritmo harmonizando tons quentes e frios. Complementarmente, "o padrão de riscas inspirado pelos rastros de luzes revela-se um dos protagonistas e confere dinâmica à silhueta que, apesar de reta, exala movimento através dos jogos de cor e pregueados”, adianta Carlos Gil.


 
Quatro criadores e três marcas na White Milano 

Na White Milano, que decorre de 23 a 26 de fevereiro e em simultâneo com o calendário da Milano Moda Donna, a comitiva portuguesa ganhará uma representação significativa. É com o projeto Next Step, promovido pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, identificado como "braço comercial” do Portugal Fashion, que os designers Pedro Pedro, Carla Pontes, Inês Torcato e Luís Buchinho e as marcas Pé de Chumbo, DARKSIDE Eyewear e TM Collection by Teresa Martins integram o painel de participantes da conceituada feira de moda italiana. O objetivo da participação na White centra-se, sobretudo, na captação de novos agentes de compras, que possibilitem o incremento dos negócios da moda de autor portuguesa em Itália e noutros mercados externos, com forte representatividade na rede de distribuição daquele país. A ANJE soma, assim, a quinta participação na White Milano através do Next Step, um certame que tem vindo a afirmar-se globalmente, transformando a Tortona Fashion District local de passagem obrigatória para compradores de todo o mundo.

O Next Step (projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários) e o Portugal Fashion (projeto da responsabilidade da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal) são financiados pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.