FacebookTwitterInstagramVimeoPinterest
FICHA DE PROJETO
SOBRE NÓS
FICHA DE PROJETO (535.34 KB)

O PORTUGAL FASHION corporiza uma forma de disseminar oportunidades junto dos jovens e de apoiar uma verdadeira mudança de paradigma no setor têxtil. Criado em 1995, o projeto conseguiu, em 20 anos, afirmar-se como um dos maiores eventos de moda ibéricos, distinguiu-se na descoberta de novos valores, na constituição de verdadeiras parcerias entre a produção e a criação, bem como na crescente notoriedade da moda portuguesa nas passerelles nacionais e internacionais.

O PORTUGAL FASHION é atualmente mais que um acontecimento de moda. É sinónimo de cultura, de modernismo e de aposta na promoção da imagem nacional, afirmando-se como uma referência de criatividade e sofisticação estética de Portugal face ao exterior.

Hoje é legítimo afirmar que o PORTUGAL FASHION fomentou uma cultura de moda no país e operou uma mudança de paradigma no que respeita ao setor têxtil e de vestuário nacional, através de uma estratégia concertada de aproximação entre indústria e criadoras. O projeto da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários e da ATP – Associação Têxtil de Portugal continua a reger-se por uma visão integradora da fileira moda, não descurando, inclusive, a promoção das marcas portuguesas em que o design é claramente um fator de competitividade.

Tanto em Portugal como fora de portas, o investimento nos jovens criadores distingue-se também como um dos pilares do PORTUGAL FASHION. O projeto procura funcionar como alavanca de talentos emergentes, de modo a renovar o panorama da moda nacional, a facilitar a integração de novos designers no mercado de trabalho e a preencher eventuais lacunas que empresas do setor têxtil, vestuário e calçado tenham ao nível do design. Neste sentido, em outubro de 2010, lançou o Espaço BLOOM, com o propósito de dar visibilidade ao trabalho de jovens saídos das escolas de moda e que revelam potencial, bem como de consolidar os resultados do esforço promocional que tem sido feito em criadores emergentes.

A estreia do PORTUGAL FASHION nas passerelles internacionais aconteceu em 1999, com a integração de cinco criadores (Fátima Lopes, José António Tenente, Maria Gambina, Miguel Vieira e Nuno Gama) e oito marcas (Carlo Viscontti, Peter Murray, Selectif, Maconde, Bruno Belloni, entre outras) no calendário da São Paulo Fashion Week.

A partir de então o projeto da ANJE e da ATP fez da internacionalização da moda portuguesa um dos seus principais pilares, levando a cabo ações em cidades tão variadas como Nova Iorque, Madrid, Barcelona, Istambul, Londres, Viena, Milão e Paris (onde produz desfiles desde 2000).